Como fazer cavalete de madeira: dicas e tutorial DIY!

Se você ama construir seus móveis e fazer tudo em casa, deixando os objetos com a sua cara e gastando pouco, o conteúdo de hoje é para você! Que tal aprender como fazer cavalete de madeira?!

Esse objeto é super versátil e dá um charme a mais em qualquer ambiente, sendo prático e decorativo. Ele serve como suporte para diversas superfícies, como para telas de pintores, apresentações e propagandas, ou até mesmo para mesas!

Sem falar que, por ser de madeira, os cavaletes são muito resistentes, de alta durabilidade e podem ganhar diferentes visuais, permitindo que você use e abuse da criatividade: dá para deixar na cor natural, pintar de branco, deixar colorido, fosco… Enfim, as possibilidades são muitas!

Cavalete de madeira afrente de uma cadeira giratória com rodas

Por isso, a Dutra Máquinas preparou dicas básicas para você fazer seu cavalete em casa, com passo a passo para uma mesa incrível e única! Confira:

Como fazer cavalete de madeira: materiais básicos

Para fazer seu cavalete de mesa, alguns itens não podem faltar. Veja quais são eles:

  • 4 tarugos de madeira, quadrados ou retangulares;
  • Furadeira;
  • Parafusadeira;
  • Serra de mão para madeira;
  • Lixadeira;
  • Parafusos – pelo menos 32 peças;
  • Corrente de metal de 35 cm.

É claro que há diversas formas diferentes de fazer uma mesa cavalete. Então, a Dutra traz para você o tutorial mais fácil e simples para uma mesa incrível Vamos lá?!

Cavalete preto em fundo branco

Cavalete dobrável para mesa

Para começar, você vai precisar de 2 tarugos de 85 cm e 2 de 70cm, que você pode conseguir em uma marcenaria. Com esse material, você fará um lado do seu cavalete, depois, é só repetir o processo. Mãos à obra:

  • Primeiro, pegue 2 pedaços de madeira de 85 cm e marque 30 cm da ponta para o centro do comprimento em cada um. Essa será a parte de baixo do seu cavalete;
  • Posicione cada ponta de 1 madeira de 70 cm acima das marcações feitas anteriormente, deixando bem alinhado, e use um prego para fixá-las (lembre-se de que ele deve passar pelas duas ripas);
  • Na parte de cima de seu cavalete, fixe a segunda ripa de 70 cm com pregos também, alinhando-as com auxílio de uma régua medidora, em 90º;
  • Com auxílio de uma furadeira, faça 2 furos para parafusos em uma das pontas da última ripa pequena que fixou;
  • Use a parafusadeira para unir as madeiras definitivamente – repita o processo nos outros três pontos de encontro entre os tarugos;

Agora você já tem um lado de seu cavalete pronto, então, basta repetir todo o processo e fazer o outro lado. Com ele pronto…

  • Coloque os dois cavaletes em pé, lado a lado, alinhados e marque 10 cm das extremidades para o centro de cada um;
  • Em um deles, coloque uma dobradiça de ferro após a marcação e risque o lugar onde fará os furos para fixá-la – basta usar a parafusadeira para prender a dobradiça;
  • Repita o processo na outra ponta da mesma perna do cavalete;
  • Alinhe novamente as duas partes, para fixar a dobradiça na segunda. Deixe um espaço de pelo menos 0,5 cm entre elas, para que você consiga abrir seu cavalete, e fixe as dobradiças na outra perna.

Agora seu cavalete está pronto, mas, para que ele não abra totalmente quando você colocar peso sobre o objeto, prenda uma corrente de metal de 35 cm, no meio das ripas de 70 cm inferiores, juntando elas. Assim, a corrente impedirá que o cavalete se abra totalmente.

Para que os pés do cavalete fiquem firmes no chão, sem balançar, faça uma marcação de cerca de 2,5 cm na parte interna de cada ponta, ligando à ponta externa dos pés (formará um triângulo) – aí é só cortar esse pedaço em cada pé e lixá-los bem.

Fácil, não é? Agora você já tem um pé para sua mesa cavalete. Repita a produção para ter o conjunto necessário. O tampo da mesa pode ser feito com uma porta, nova ou velha, ou você pode ir a uma marcenaria e pedir uma tábua do tamanho que preferir.

Você pode fixar o tampo aos cavaletes, parafusando, mas o legal é deixá-los separados, para montar e desmontar quando quiser. Então, dá para colar paragolpes (borrachinhas transparentes antiderrapantes) nos cavaletes e evitar que a tábua saia do lugar e desgaste a si ou aos cavaletes.

mesa de cavalete preto com tampão branco

Dicas para uma mesa cavalete perfeita!

Se você quer que sua mesa cavalete fique impecável, é preciso prestar atenção aos detalhes, pois são eles que fazem a diferença no resultado final.

A primeira coisa a reparar é como estão as ripas de madeira. É importante que todas estejam bem lisinhas, então pegue uma lixa e capriche!

As medidas também devem ser respeitadas, senão seu cavalete pode ficar assimétrico e sua mesa vai ficar balançando. O que não é nada legal.

Para ter um visual legal, seus cavaletes podem e devem ser personalizados! Se você quer deixá-los na cor natural, é interessante passar pelo menos uma camada de verniz, para proteger e valorizar a madeira – e caso não goste do brilho, saiba que já existem vernizes foscos no mercado!

Mas também é possível deixar os pés da mesa como destaque do móvel, enquanto o tampo fica mais neutro. Escolha uma cor que combine com a decoração e, com um pincel bem macio, capriche na tinta!

Você pode optar por um esmalte sintético para madeira na cor branca e misturá-lo com um corante da cor que preferir. Assim, dá para aproveitá-lo em outras invenções que você fizer por aí e alcançar tons que talvez não encontre nas casas de tinta.

Agora é só deixar a imaginação e a criatividade rolarem soltas e criar uma mesa cavalete que seja única e a sua cara! Além de linda, com esse DIY, ela também vai ser versátil e de qualidade.


Gostou desse conteúdo? Aproveite para acompanhar a Dutra Máquinas nas redes sociais e ficar por dentro de mais assuntos como esse! Até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *