São Paulo
May 29, 2024
5 principais peças de carro que você precisa conhecer!
Máquinas e Ferramentas

5 principais peças de carro que você precisa conhecer!

set 27, 2023

Sabemos que a manutenção de um carro ou seu conserto está ligada às suas peças, certo? São elas que permitem que o automóvel ande e desempenhe suas funções perfeitamente.

Mas são tantas peças de carros, com diferentes nomes e funções, que são capazes de confundir até mesmo os motoristas mais experientes, quem dirá quem adquiriu ou irá comprar seu primeiro automóvel.

Para te introduzir a esse tema de forma suave e eficaz, separamos neste conteúdo as 5 principais peças de carro para você iniciar sua jornada de conhecimentos nessa área. Continue a leitura e confira!

Quais são as peças de carros mais buscadas?

Existe busca por todas as peças de um carro, variando conforme o modelo, montadora, usuário e outros fatores que contribuem para que elas precisem de manutenção. Mas se fizermos um apanhado geral dessas peças, chegaremos aos seguintes nomes:

1. Velas de Ignição

As velas de ignição, ou simplesmente velas, são peças encaixadas no cabeçote do motor. A função dessas peças é gerar uma centelha que entrará em contato com o combustível na câmara de combustão e, então, explodir o material inflamável. Esta centelha produzida pela vela de ignição é possível por meio da energia elétrica que ela conduz.

Vela de ignição de um carro

Um dos sinais mais claros de que a vela não está funcionando bem é a dificuldade do motor em dar partida no veículo. Quando isso acontece, pode ser que as velas não estejam produzindo a faísca, não conseguindo queimar o combustível. Entre seus outros “sintomas” estão:

  • Marcha lenta;
  • Carro com desempenho abaixo do normal;
  • Consumo excessivo de combustível.

O recomendado é que as velas sejam analisadas a cada 10 mil quilômetros rodados do carro. E, como padrão, a peça tem um período de vida de 40 mil km, aproximadamente.

2. Pistão

O pistão é a alma do carro, uma peça por trás de toda a sua movimentação. A energia liberada pela queima do combustível entra em contato com o pistão, que se move, gerando um movimento mecânico que vai de cima para baixo. Esse movimento mecânico é utilizado para que o carro se movimente, semelhante ao pedal de uma bicicleta.

Pistão de carro

Esta peça tem anéis que variam de dois a cinco, e cada carro tem o seu próprio tipo de pistão. Quando não está bem, é necessário fazer a troca, do contrário, o carro costuma queimar muito óleo e produzir fumaça pelo escapamento.

3. Suspensão

Com certeza, a suspensão do carro é uma das peças mais essenciais para o seu uso diário. Todo veículo é pesado, carrega inúmeros materiais, objetos e pessoas que acumulam ainda mais peso.

Homem mexendo na suspensão de um carro

Tanto peso não combina bem com o terreno irregular da maior parte das cidades brasileiras. Mesmo naquelas com asfaltos perfeitos, ainda existem irregularidades como lombadas e tartarugas.

São nessas pequenas irregularidades que todo o sistema do carro é posto à prova, pois o seu peso impacta ainda mais na estrutura do veículo. Ele também pode dificultar a realização de curvas e até mesmo na direção.

Para isso existe a suspensão: serve para “aliviar” o peso do carro e evitar impactos mais profundos em sua estrutura. Também melhora e muito a experiência que os passageiros e condutores têm quando acontecem algumas dessas mudanças bruscas de planos e sentidos que o carro está seguindo.

Podemos pontuar entre as contribuições da suspensão no veículo:

  • Mais estabilidade;
  • Redução do ruído do funcionamento do carro;
  • Melhora na viagem para o condutor e passageiros;
  • Mais segurança na hora da direção.

Os principais sinais de problemas na suspensão são ruídos. Barulhos na direção, especialmente quando o carro é levado para alguma curva.

Para evitar o desgaste prematuro da sua suspensão, é recomendado não só a revisão periódica como o cuidado ao dirigir, manter sempre o alinhamento das rodas em dia e a substituição de peças desgastadas.

4. Caixa de Câmbio

A caixa de câmbio é um regulador essencial no veículo. Todo carro funciona com uma caixa de complexas engrenagens controladas de maneira manual ou automática, aumentando a velocidade ou a força do carro.

Imagem de uma caixa de câmbio

Quando o carro está nas primeiras marchas, ele anda mais lento, no entanto, carrega o peso com mais facilidade. Conforme as marchas vão aumentando, o peso suportado diminui — o que não é um problema se ele já estiver em movimento. Porém, ela dá mais liberdade para uma velocidade maior ser alcançada.

A caixa de câmbio é o que regula esse dinâmico mecanismo. Entre os sinais de que não está funcionando bem, podemos pontuar: dificuldades em mudar de marcha, marcha “arranhando” e emperrando, barulhos e rigidez na embreagem e vazamento de óleo.

5. Filtro de óleo

Uma peça fundamental, porém com um funcionamento muito simples: o filtro de óleo serve para impedir que resíduos atinjam o óleo do automóvel.

Homem segurando um filtro de óleo usado

Quando acontece a queima de combustível que já mencionamos, há algumas impurezas geradas pelo processo. O filtro impede que essas impurezas cheguem ao sistema de lubrificação do carro e atrapalhem o motor. Entre os sinais de problemas, destacam-se:

  • Problemas com o desempenho do carro que exigem cada vez mais combustível;
  • Presença de impurezas no tanque como ferrugem;
  • Dificuldades em dar partida no veículo.

Fique atento a todas essas características, pois elas indicam que chegou a hora de dar uma olhada no filtro de óleo.

Quais são os componentes automotivos?

As peças automotivas são todas as que estão presentes no veículo e servem para garantir o seu funcionamento. Além das que mencionamos, existem outras peças, como:

  • Pastilhas;
  • Filtro de ar;
  • Baterias;
  • Alternador;
  • Bobina;
  • Pneus;
  • e muitas outras.

Sem as peças automotivas adequadas, o veículo não pode andar. E sem um conhecimento básico sobre elas, o proprietário do veículo está vulnerável a tudo o que o mecânico disser que precisa de reparo — o que é perigoso se não for alguém de confiança.

Essa é uma das grandes vantagens de o condutor conhecer os nomes das peças do carro e tudo o que puder sobre essas partes essenciais do automóvel.

Aproveite e leia também nosso post sobre um puff de pneu e reaproveite para transformar os pneus substituídos de seu carro em peças úteis de artesanato.

Qual é a principal peça do veículo?

Não existe uma peça principal para todo o automóvel. Todas as peças existem no carro por um motivo específico e, justamente por isso, compõem a estrutura interna e totalizada do veículo. O campo de autopeças engloba todo o funcionamento do automóvel.

Desde mecanismos para sua movimentação mais básica até o seu sistema de segurança, recursos extras como ar-condicionado, entre outras funções. Juntas, essas peças estão entre as principais delas e contribuem para que seu carro possa circular tranquilamente tanto na cidade quanto na estrada.

Tudo o que um automóvel faz depende das autopeças. E nem só no campo prático elas são necessárias, até mesmo aspectos estéticos do automóvel são definidos pelas autopeças.

Quais são os 4 fluidos utilizados em um veículo de 4 rodas?

Além das peças fundamentais para o automóvel continuar ativo e funcional, há também cinco fluídos necessários para o carro. Eles são:

  • Fluído do freio: serve para transmitir o sinal do pedal para as rodas;
  • Líquido de arrefecimento: utilizado com a água para controlar a temperatura do veículo e não deixar o carro “ferver”;
  • Óleo de câmbio e do motor: lubrificante para o câmbio do automóvel e seu motor;
  • Fluído da direção hidráulica: atua garantindo o funcionamento da direção e do volante no automóvel.

No geral, as peças do carro são grandes responsáveis pelas nossas idas ao mecânico e pela busca por manutenção no veículo. Um carro normalmente vai ao mecânico em duas ocasiões, para rotina ou para consertar alguma peça que tenha avariado.

Nos dois casos, o que o profissional irá realizar é um check-up para verificar se todas as partes do automóvel estão em ordem. É óbvio que nem todas as peças têm a mesma importância e nem se estragam com tanta frequência, e são esses dois grupos que o dono do veículo deve prestar mais atenção.

Claro, é o profissional quem dará a palavra final e o diagnóstico exato. No entanto, é importante que o dono do carro tenha uma familiaridade mínima com as peças do automóvel. Conhecer as peças de carro, nomes, funções e quais as principais é um conhecimento que só tem a acrescentar para o condutor.

Esperamos que tenhamos ajudado a entender mais sobre mecânica e as principais peças do carro. E que tal também deixar seu carro limpo? As lavadoras de alta pressão são ótimas opções para você. Acesse nosso post sobre o tema para saber mais!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.