Principais tipos de furadeiras e suas diferenças essenciais 

Ela está em praticamente todas as caixas de ferramentas e se mostra um dos equipamentos mais indispensáveis no dia a dia ao lado dos alicates e chaves de fenda. Muito utilizada na marcenaria, a furadeira é um item básico para toda e qualquer construção.

No entanto, com a diversidade de modelos do produto no mercado, fica cada vez mais difícil escolher uma ferramenta funcional para as necessidades específicas do dia a dia. Isso porque existem diferentes tipos de furadeira com funcionalidades extremamente específicas de uso.

Mas, calma, podemos te ajudar a compreender melhor os modelos existentes e seus respectivos momentos de uso. Então, já pega papel e caneta, porque o nosso top 8 está imperdível!

1. Furadeira de bancada 

Usada para superfícies planas, a furadeira de bancada é uma das ferramentas mais requisitadas nos serviços de marcenaria. Além de ser utilizada no trabalho em madeira, é muito funcional no trabalho com perfis metálicos.

Sua aparência é bem diferente do que estamos acostumados a encontrar nas furadeiras convencionais, considerando que nos lembra muito mais uma máquina fixa – por isso de bancada – do que um instrumento portátil.

Geralmente, é posicionada na vertical, de modo que a superfície é levada até a broca para a perfuração. Logo após, uma alavanca é acionada para que o furo possa ocorrer e como é preciso que o operador sinta a força demandada, o equipamento também pode ser chamado de furadeira sensitiva.

2. Furadeira portátil

Com certeza a furadeira portátil é um dos primeiros equipamentos elétricos que encontramos na caixa de ferramentas de muitos brasileiros, senão o único. Isso se deve ao fato da ferramenta ser extremamente funcional, compacta e de fácil manuseio.

Imagem de mão de pessoa usando furadeira portátil

Como o próprio nome já sugere, a furadeira em questão ganha pontos em portabilidade, uma vez que pode ser transportada para praticamente todos os lugares. Nesta categoria, você pode encontrar aqueles modelos que são conectados por um cabo na tomada e outros que funcionam a base de bateria.

São utilizadas para serviços mais leves do dia a dia, como pregar um parafuso na parede, instalar uma tomada e demais instalações que não exijam tanto da ferramenta.

3. Furadeira de impacto

Reunindo as funções de uma furadeira portátil, uma furadeira de impacto ainda precisa ser muito resistente. Isso porque a furadeira de impacto é utilizada para perfurar concreto. Ela também é conhecida como furadeira martelete, apresentando uma direção axial em que a broca bata rapidamente na parede.

A capacidade de estabilidade de impacto é importante para a perfuração de superfícies duras, mas quando a chave não é ativada, a furadeira elétrica volta a sua função mais básica, seja esta a de perfurar superfícies menos resistentes, como as de madeira.

4. Furadeira de coluna 

Independentemente do tamanho, a função da furadeira de coluna é a mesma que a das demais furadeiras: fazer furos em superfícies. Mas, além disso, são ótimas para o corte de entalhes e trabalhos com peças grandes. Recebem este nome visto que se posicionam no meio de uma coluna metálica fixa em uma mesa que pode ser movimentada verticalmente. 

5. Furadeira radial

Já este tipo de furadeira se assemelha à furadeira de coluna, mas seu uso é mais comum em trabalhos industriais. Aliás, é uma ótima ferramenta para o manuseio de peças grandes, o que explica a sua ergonomia resistente.

Seu cabeçote é móvel, podendo girar em 3 eixos diferentes. Além disso, seu uso é essencial para trabalhos fabris, porque se faz mais fácil a movimentação do equipamento do que da peça propriamente dita.

6. Furadeira múltipla

Se está buscando por um produto multitarefas, uma furadeira múltipla pode ser o equipamento mais funcional que você pode ter em sua caixa de ferramenta. 

Ponta de furadeira múltipla

Isso porque o aparelho consiste em várias furadeiras em uma única, o que possibilita diferentes furos em diferentes superfícies com uma única máquina. Só vale lembrar que a ferramenta em questão é mais usual em produções seriadas.

7. Furadeira de árvores múltiplas

Já para aquelas peças em que precisamos de diversas operações segmentadas, de furos a rebaixamento da cônica, o melhor é o uso de uma furadeira de árvores múltiplas. Geralmente, são utilizadas naquelas superfícies que precisam de vários furos de mesma profundidade.

Mão de pessoa utilizando furadeira árvore

Como as árvores não dependem uma das outras para serem acionadas, pode-se variar quando necessário a rotação das árvores, controlando assim as fases de execução dos processos e operações.

8. Furadeira de comando numérico

Quando o serviço demanda muita precisão, as furadeiras de comando numérico mostram para o que vieram. Elas são equipamentos eletrônicos com um sistema de programação integrado para facilitar os serviços que requerem exatidão, alto desempenho e velocidade. Por isso, são perfeitas para operações massivas e em séries.

Mão de pessoa utilizando furadeira comando número

Com esses 8 tipos de furadeira, fica fácil encontrar o equipamento com a função necessária para as suas demandas do dia a dia. Afinal, qual é a que você precisa? 

Se gostou das nossas sugestões, explore o nosso blog e encontre diversas dicas sobre ferramentas elétricas. Aliás, já conferiu o nosso post sobre tipos de brocas? Está imperdível!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *