São Paulo
April 19, 2024
Quais são as diferenças da solda TIG e MIG?
Máquinas e Ferramentas

Quais são as diferenças da solda TIG e MIG?

fev 28, 2024

Apesar de bastante diferentes, os processos de solda TIG e MIG servem para o mesmo objetivo, o qual é unir duas partes de metal por aquele ponto de aço derretido. Porém, há características próprias em cada um deles que os tornam especiais para determinadas situações.

Basicamente, a soldagem TIG funciona por meio de eletrodo de tungstênio que transfere uma corrente elétrica aos metais a serem soldados. Já a MIG adota um arame de solda passado ao estado líquido por meio da tocha do equipamento.

Pessoa soldando HD de computador/notebook

Mas será que isso já é o suficiente para declarar qual das soldas é a melhor? Se você quer descobrir, siga com a leitura e entenda tudo sobre as soldas MIG e TIG junto às diferenças que esses dois tipos de trabalhos podem ter. Confira!

O que é solda MIG?

A solda MIG (Metal Inerte Gasoso) é a que mais facilmente relacionamos visualmente à imagem do soldador. É a que o profissional levanta o seu dispositivo e da boca do aparelho sai um imenso arco elétrico, responsável por realizar todo o processo.

É esse arco que garante os pontos de solda, por meio de um arame chamado de consumível, utilizado para que os pontos aconteçam. Esse é um processo de solda muito recomendável para quem precisa de agilidade para realizar o serviço, por isso, é um dos mais usados em linhas de produção.

A solda MIG é apreciada por sua flexibilidade, a capacidade de soldar aço ao carbono, ligas de cobre, níquel, alumínio e outras peças. Podemos resumir os benefícios desse tipo de solda, como:

  • Possibilidade de solda em diversas posições diferentes;
  • Não forma as chamadas escórias, que são resíduos de metal fundido na superfície;
  • Quase não causa distorção no material soldado;
  • É mais rápido do que outras técnicas de solda.

Essas são as características que definem o que é solda MIG e como funciona essa modalidade de solda — comum em indústrias de construção, automóveis, navais, aeronáuticos e fábricas de equipamentos.

Leia também: Determine a amperagem adequada da solda.

Pessoa soldando caixa de metal

O que é solda TIG?

Se o MIG é um processo em que a agilidade é muito conhecida e apreciada, a TIG é quase o completo oposto. Durante a soldagem, o processo é mais lento e demorado, por isso, essa não é a melhor modalidade para linhas de produção.

A solda TIG (Tungstênio Inerte Gasoso) utiliza um palito fino de tungstênio para gerar o arco elétrico. Esse arco é bem menor, mas há inúmeras vantagens em utilizar esse tipo de solda.

Em primeiro lugar, a TIG pode ser lenta, mas ela é muito mais precisa. A soldagem TIG é ideal para serviços em que é necessário capricho e precisão, por mais demorada que seja, ela é mais fácil de regular do que a MIG.

A TIG é mais confiável para certos pontos de solda, em partes por permitir um trabalho mais caprichado e demorado, assim, cada ponto de solda é feito com calma.

Outro ponto essencial é que esse tipo de solda é realizada sempre com uma vareta que serve como preenchimento, que deve ser do mesmo material que o produto que será soldado. Caso seja cobre, use uma vareta de cobre, e daí por diante. E como um resumo das qualidades dessa modalidade, podemos pontuar:

  • Solda de alta qualidade;
  • Pontos de solda caprichados e com um acabamento melhor;
  • Um ótimo custo-benefício.

Esse método de soldagem também é muito utilizado em materiais que precisam de alta resistência à oxidação, que serão utilizados em situações em que é preciso um fino processo.

Quais são as diferenças da solda TIG e MIG?

Como já comentamos, ambos os tipos de solda servem para a mesma finalidade. Porém, há diferenças essenciais entre a solda TIG e MIG, que são interessantes de se observar e considerar antes de dar início a algum trabalho para evitar problemas.

  • Velocidade: A solda MIG é muito mais rápida que a TIG e também permite que uma soldagem seja feita com maior velocidade. Por isso, é uma solda apreciada em linhas de produção, seja em fábricas ou mesmo por serralheiros que devem repetir o mesmo processo;
  • Qualidade: A solda TIG permite um capricho muito maior para o serviço. É um tipo menor em todos os sentidos, desde todo o maquinário, o arco elétrico gerado e até mesmo para o serviço feito. E por ser menor, garante mais precisão. Entre a solda TIG e MIG, essa é uma das maiores diferenças;
  • Consumível: O método MIG utiliza um arame como preenchimento, contribuindo para sua velocidade. Já que não há muitas preocupações com o preenchimento. Diferentemente da TIG, à qual a vareta deve ser administrada a todo momento com a solda;
  • Sujeiras e imperfeições: Se por um lado a solda TIG garante um acabamento melhor e um serviço mais caprichado, é a MIG que garante um serviço mais limpo. A solda MIG não solta escórias, já a TIG sim;
  • Soldagem nobre: Sem dúvidas, a solda TIG é a mais indicada para soldar metais nobres. Por meio da vareta, comprada na qualidade que o soldador quer e precisa, a soldagem de metais mais refinados é muito mais adequada pelo método TIG;
  • Limpeza da peça: A solda TIG não só é indicada para metais mais nobres como requer uma qualidade do produto mais trabalhada. Antes de optar pelo método TIG, o metal que será soldado deve estar bem limpo.

Deu para entender melhor quais as diferenças entre os dois tipos de solda? Lembrando que cada uma delas é adequada para um processo, então verifique o serviço que precisa fazer antes de escolher o método de solda ideal.

Qual o tipo de solda mais usado?

Entre os tipos de solda MIG e TIG, o mais usado depende do ambiente e do serviço de que estamos falando.

As características desses tipos de solda fazem com que cada uma delas seja ideal para uma situação. Em uma fábrica, por exemplo, será muito mais fácil encontrar uma solda MIG especialmente para reparos circunstanciais e na estrutura da própria fábrica.

Já no reparo do maquinário da fábrica, é provável que o tipo mais utilizado seja a solda TIG. O mesmo vale para serviços de serralheiros, nos quais os profissionais usarão com muito mais frequência esse método do que o MIG.

Caso seja soldador, estude o material que será trabalhado e como será realizado o processo. Escolha com base na sua necessidade o tipo de solda que irá utilizar e se atente às características que mencionamos tanto para o método TIG quanto o MIG.

Esperamos que você tenha entendido melhor sobre esses dois tipos de solda e que tenhamos ajudado a identificar qual o melhor para suas atividades. Complemente sua leitura com nosso post sobre inversoras de solda e confira tudo o que você precisa saber sobre elas. Até mais!

Pessoa soldando placa de vídeo de computador desktop

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.