São Paulo
April 19, 2024
Equipamentos de segurança em construção: EPIs essenciais!
Proteção e segurança

Equipamentos de segurança em construção: EPIs essenciais!

ago 2, 2023

A construção civil é uma das áreas que mais emprega no Brasil, gerando muitas oportunidades para os trabalhadores dessa classe. Contudo, também é uma das áreas que mais trazem riscos para integridade de todos que trabalham nas obras, visto que nunca dá para prever possíveis acidentes. Por isso, os equipamentos de segurança em construção civil são tão importantes para os trabalhadores que atuam nesse setor.

Os EPIs não só são importantes, como também são de uso obrigatório por lei regulamentados pela NR 6 (norma regulamentadora nº 6) do Governo Federal, sobrea execução do trabalho com uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI).

Essa norma exige que a empresa forneça e obrigue os funcionários a fazerem uso durante o expediente, podendo ocasionar multas severas para as empresas que descumprirem as regras. E para saber mais, acompanhe o post e descubra quais são os EPIs fundamentais para a construção civil.

Qual a importância do uso dos EPIs na construção civil?

Os equipamentos de proteção individual são pensados para oferecer segurança para a integridade física e saúde do trabalhador, visto que oferece proteção para as partes do corpo mais importantes, como mãos, pés e, principalmente, para a cabeça (crânio) com o indispensável capacete.

E usar os equipamentos de segurança não traz benefícios somente para os trabalhadores, mas para a empresa como um todo, visto que diminuem consideravelmente os riscos de acidentes durante a jornada de trabalho e, consequentemente, as chances de pagamentos de indenizações, além de evitar atrasos na entrega da obra por causa de funcionários afastados por conta de lesões ou problemas de saúde.

Quais são os EPIs obrigatórios para trabalhar na construção civil?

Os principais equipamentos de proteção individuais são: capacetes de segurança, máscaras, protetores auriculares, cinto de segurança, óculos de proteção, botas de proteção e os diferentes tipos de luvas. Conheça cada um deles mais profundamente:

Capacetes de Segurança

Vamos começar pelo mais importante de todos, que protege uma parte vital do nosso corpo: o nosso crânio! A cabeça tem diversos pontos bastante frágeis que podem ter complicações e sequelas em casos de acidentes com grande impacto, podendo até mesmo serem fatais.

Capacete de proteção de uso individual na cor azul

Por isso, o capacete de segurança é tão importante para qualquer trabalhador de obra da construção civil, visto que ele tem a missão de absorver e proteger impactos e choques resultantes de quedas de materiais e ferramentas, tanto que ele é exigido até mesmo para quem está apenas visitando a obra.

  • capacete com aba total (tipo I): é um modelo ideal para trabalhos em ambientes externos, pois sua aba diminui o incidência de luminosidade do sol nos olhos, além de proteger um pouco a região da nuca;
  • capacete com aba frontal (tipo II): possui aba apenas na parte frontal, com intuito de proteger os olhos contra a luz do sol com eficiência. É utilizado por diversos setores industriais, inclusive por distribuidoras de energia elétrica;
  • capacete sem aba (tipo III): não possui qualquer tipo de aba e contorna apenas o perímetro do crânio. Geralmente, esses modelos vêm equipados com jugular de 4 pontos, sendo bastante funcionais e obrigatórios para atividades realizadas em alturas e espaços confinados.

Além disso, segundo a NBR 8221/2003, esses equipamentos também são separados em classes:

  • Classe A: essa classe é recomendada para diversas funções, com exceção das atividades que envolvam energia elétrica, pois não conta com isolamento elétrico;
  • Classe B: possui os mesmos atributos obrigatórios dos capacetes classe A com o diferencial do isolamento contra choques elétricos.

Protetores auriculares

Uma região que é muito frágil em nosso corpo, mas que podemos não lembrar em nosso cotidiano, são os nossos tímpanos. Eles são muito delicados, por isso é essencial protegê-los para que a audição não fique comprometida.

Protetor auricular na cor laranja

Na construção civil, existem muitas máquinas e equipamentos que geram excesso de ruídos e barulhos acima dos níveis de decibéis saudáveis para a audição humana, podendo provocar lesões até mesmo irreversíveis. Por isso, o uso de protetores auriculares ou abafadores de som são de uso obrigatório para esses trabalhadores.

Óculos de proteção

Nas obras, os olhos dos trabalhadores também são expostos à perigos de diversas naturezas, sendo possível ocorrer:

  • Perfuração da córnea: riscos devido a projeção de partículas;
  • Queimadura de retina: resultado da radiação ultravioleta do e infravermelha de alguns equipamentos;
  • Conjuntivite aguda: causada pela luminosidade intensa diretamente nos olhos por muitas horas seguidas;
  • Cegueira temporária ou permanente: os riscos de cegueira vêm da possibilidade de respingos de produtos químicos nos olhos.

Por isso, os óculos de proteção individual são fundamentais para proteger os olhos do trabalhador durante a realização das suas atividades. Qualquer trabalho em que você corra esse perigo, não dispense a exigência do óculos.

Máscaras de proteção

As máscaras de proteção também são fundamentais para os trabalhadores dessa classe, visto que eles se encontram em constante risco de aspirarem a poeira gerada pelas atividades desenvolvidas.

Mulher utilizando máscara de proteção e capacete de proteção na cor laranja

Só de abrir casos de cimento e de cal, os trabalhares já podem estar inalando substâncias que são altamente tóxicas para o aparelho respiratório. Portanto, é importante estar sempre usando as máscaras contra poeiras e névoas sem válvula, as mais seguras com o melhor custo-benefício do mercado.

Cinto de segurança

Outro equipamento de proteção indispensável para os trabalhadores da construção civil é o cinto de segurança. Esse tipo de equipamento é ideal para quem realiza trabalho em altura, visto que eles são presos em um objeto fixo que possa segurar a pessoa em caso de quedas.

Em alturas superiores a dois metros seu uso já é indispensável, mesmo quando se está fazendo uso dos equipamentos de proteção coletiva, como os andaimes.

Botinas de proteção

As botinas de proteção são fundamentais para a proteção dos trabalhadores, visto que durante o processo de construção de um prédio podem acontecer diversos acidentes que venham a lesionar os pés. Perigos como quedas de objetos, como ferramentas, perfuração ao pisar em vergalhões quebrados, pregos e demais objetos cortantes, escorregões em piso escorregadios, entre outros imprevistos factíveis de acontecer.

Luvas de Proteção

Assim como os pés, as mãos também são instrumentos de trabalho fundamentais para os trabalhadores, por isso, é fundamental protegê-las adequadamente com o uso das luvas de proteção. Dentre os principais tipos de luvas, temos:

1. Luvas de alta-tensão

As luvas de alta-tensão são fabricadas com compostos de borracha capazes de isolar de 500 até 40 mil volts, oferecendo proteção contra choques elétricos e queimaduras graves, sendo ideias para trabalhar com ferramentas elétricos fundamentais para a construção civil.

2. Luvas de Neoprene

Já as luvas de Neoprene oferecem resistência mecânica e também protegem as mãos contra diversos produtos químicos, além de possuir função antiderrapante, sendo mais uma opção para a área da construção civil.

3. Luvas de PVC

As luvas de PVC, por sua vez, são ideais para a proteção contra reações contra produtos químicos, abrasão e cortes, porém em menor escala quando comparadas às luvas de raspa e as nitrílicas. São indicadas para o manuseio de materiais corrosivos, ácidos, óleos e graxas.

4. Luvas de Raspa

As luvas de raspa, também conhecidas como de luvas de vaqueta, são mais grossas e indicadas para o manuseio de abrasivos, além de serem as mais recomendadas para serviços mais pesados e agressivos.

5. Luvas Nitrílicas

Por último, as luvas nitrílicas são fabricadas com um tipo de borracha natural que também apresenta resistência mecânica a perfurações, cortes e abrasão, além de serem resistentes à produtos químicos, sendo bem recomendadas para a construção civil.

Esses são os equipamentos de segurança em construção civil, se você trabalha nessa área deve usá-los indispensavelmente. É a sua segurança que deve ser priorizada!

Mas então, o que achou do nosso post com todos os equipamentos de proteção individual (EPIs) para a área da construção civil? Esperemos que, a partir de agora, você não deixe faltar nenhum deles na sua rotina de trabalho. Até a próxima!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.