São Paulo
June 14, 2024
Conheça o que é e como funciona a logística reversa
Manutenção e mecânica

Conheça o que é e como funciona a logística reversa

maio 27, 2024

A logística reversa é uma ação cada vez mais importante e necessária para as empresas. Ela se refere a práticas que envolvem o retorno de produtos, embalagens e materiais ao seu local de origem, de forma organizada e efetiva.

Essa prática busca reduzir o impacto ambiental de produções e atividades, evitando o desperdício e promovendo a recuperação desses materiais.

Confira no texto de hoje, como a logística reversa funciona e qual é a sua importância atualmente. Continue a leitura!

O que é logística reversa?

A logística reversa nada mais é do que um conjunto de ações para poder recolher, transportar e dar um encaminhamento adequado a materiais de pós-venda ou pós-consumo.Essa destinação pode ser realizada por meio de reciclagem ou a remanufatura, por exemplo.

Esse conceito ganhou força a partir da Lei n° 12.305, que estabeleceu um acordo com todos os setores, sendo eles: fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes. Foi implantada a responsabilidade compartilhada do ciclo de vida dos produtos entre todos esses setores.

Dois colaboradores utilizando EPIs com prancha e notebook em mãos
Profissionais em logística

Assim, todos os departamentos de uma empresa devem se comprometer a realizar tarefas para diminuir resíduos que, em muitos casos, podem resultar em doenças e impactos negativos ao meio ambiente. Em alguns ramos de produção ou comercialização, essas práticas acabam sendo uma obrigação, principalmente para áreas que trabalham com:

  • Pneus;
  • Eletrônicos;
  • Agrotóxicos;
  • Baterias.

Como funciona a logística reversa?

A logística reversa é um processo que envolve o fluxo inverso de produtos, materiais e embalagens, desde o consumidor final até o local de origem.

Ela pode variar conforme o tipo de produto e a indústria em questão, mas geralmente envolve etapas como coleta, triagem, desmontagem, reparo, reciclagem e descarte adequado. Entenda em cada esfera:

Setor privado: sua responsabilidade é a de fazer uma gestão com a destinação correta de todos os resíduos, principalmente por meio da reciclagem, descarte correto e a prevenção de desperdícios;

Poder público: seu dever é fiscalizar as empresas e definir obrigações legais. Além disso, é responsável por educar a população sobre os cuidados com o meio ambiente;

Cidadão: sua tarefa é a de separar corretamente todos os resíduos, e depois, encaminhar para o descarte correto.

A logística reversa pode ser motivada por diferentes fatores, como leis ambientais, demanda do mercado, políticas de responsabilidade social corporativa ou necessidades específicas da indústria.

Independentemente do motivo, o objetivo principal é minimizar os impactos ambientais e otimizar o uso de recursos, contribuindo para a sustentabilidade e a economia circular.

Mulher segurando uma caixa de papel branca e operando computador
Profissional de logística operando computador

Confira também: o que um tecnico em logística faz?

Quais são os tipos de logística reversa?

Existem dois tipos de logística reversa: a pós-venda e a pós-consumo. Para entender a diferença, confira a seguir:

Logística reversa pós-venda

Na logística reversa pós-venda, os produtos ou materiais retornam aos processos de produção antes mesmo do produto chegar ao consumidor. Em muitos casos, esse retorno acontece devido a algum problema de fabricação.

A empresa precisa de um controle para poder receber, processar e encaminhar os itens. Em casos específicos, o produto volta, recebe melhorias e retorna para ser comercializado novamente.

Está gostando do conteúdo? Você também pode gostar de: o que é ponte rolante? entenda para que serve e como funciona

Logística reversa pós-consumo

A logística reversa pós-consumo é o processo de coleta, recuperação e tratamento de produtos descartados pelos consumidores finais. Envolve a gestão de resíduos sólidos e busca promover a reciclagem, reutilização ou descarte adequado, visando minimizar os impactos ambientais e promover a sustentabilidade.

É uma prática importante para fechar o ciclo de vida dos produtos e preservar os recursos naturais.

Que tipos de benefícios a logística reversa pode oferecer?

Entre os principais benefícios dessa prática, podemos destacar:

  • Incentivo à reciclagem, reutilização e tratamento de resíduos;
  • Colaboração com questões ambientais;
  • Redução de custos;
  • Criação de uma imagem da empresa mais positiva;
  • Redução de desperdício.

Quais as etapas da logística reversa?

Para entender melhor a logística reversa, você deve conhecer as suas principais etapas. Confira algumas delas:

Incentivo ao usuário final

Uma das principais estratégias é a educação do consumidor, ele deve saber descartar os lixos e resíduos corretamente. Esses incentivos podem ser feitos em propagandas de TV, embalagens de produtos, anúncios de rádio, entre outros.

Rotas de entrega

As rotas de entrega são etapas muito importantes na logística convencional. No caso da reversa, elas também devem ser utilizadas para conseguir pegar os materiais para poderem ser processados adequadamente.

É papel da empresa optar por estratégias para definir os melhores trajetos, que incluam o recolhimento de todos os produtos descartados de modo a otimizar o processo de gestão da empresa.

Processo de devolução

Para que os processos de logística reversa funcionem, é necessário criar estratégias para que o consumidor seja orientado a fazer o descarte correto. A criação de uma política de devolução auxilia cada cidadão a conseguir descartar os seus resíduos da melhor forma possível.

SAC

É importante que a instituição seja capaz de orientar seus consumidores a realizarem o descarte correto. Criar uma central de atendimento é uma etapa muito eficiente e faz com que a empresa oriente os seus clientes corretamente. O cliente vai se sentir satisfeito e os processos vão ficar mais alinhados.

Qual é o objetivo da logística reversa?

A logística reversa conta com diversos objetivos, um dos principais é diminuir a quantidade de lixo e resíduos descartados no meio ambiente.

O Brasil gera 82 toneladas de lixo todos os anos e apenas 2% dessa quantidade é reciclada. Esse dado comprova a importância que essa estratégia tem, não só para redução de desperdícios de produção, mas também para uma causa ambiental.

Como se aplica a logística reversa?

Ao consumir um produto, o consumidor separa a embalagem ou o resíduo do produto e, geralmente, retorna esse descarte para a empresa. Em alguns casos, as empresas cobrem os gastos necessários para a coleta e o envio desses materiais para ONGs ou cooperativas.

Confira também: saiba como fazer movimentação de carga para sua empresa

Quais são as principais atividades da logística reversa?

A logística reversa possui diversas práticas e atividades para o seu fluxo, confira algumas:

  • Reembalagem;
  • Reciclagem;
  • Revenda;
  • Remanufatura;
  • Doação;
  • Aterro sanitário.

Agora que você já sabe o que é a logística reversa e a sua importância para o meio ambiente, aproveite para conferir outros conteúdos aqui do nosso blog.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.