São Paulo
February 29, 2024
Como tirar tinta de parede: passo a passo prático e simples!
Decoração

Como tirar tinta de parede: passo a passo prático e simples!

jan 8, 2024

Pintar as paredes de um ambiente é uma ótima maneira de oferecer uma cara nova e harmonizar as cores de acordo com a decoração. No entanto, a tarefa de remover a tinta velha pode não ser tão atraente quanto a pintura em si, demandando técnica e alguns cuidados para alcançar um acabamento satisfatório.

Seja em mudanças ou simplesmente um desejo de repaginar o ambiente por meio das cores, a remoção da tinta da parede é um passo necessário para proporcionar uma superfície limpa, deixando-a uniforme e sem desvios de cor.

Se você quer aprender a como realizar todo o processo por conta própria de maneira rápida e sem dificuldades e gastos, continue sua leitura e veja nosso passo a passo explicativo.

Passo a passo de como tirar tinta de parede

De forma geral, para remover a tinta da parede será necessário aplicar removedor no espaço a ser descolorido. Em seguida, para soltá-la, é preciso raspar e lixar os resíduos com uma lixadeira, visando tornar o processo mais fácil e menos demorado. Fique tranquilo que explicaremos tudo isso em nosso passo a passo abaixo, veja:

1. Use equipamentos de segurança

Para realizar todo o procedimento com segurança, recomendamos que use uma máscara de respiração equipada com filtro para removedor de tinta – assim, além de se proteger da química existente nesse produto, você também se protege da fumaça e poeira, especialmente se trabalhar com tinta à base de chumbo.

Pintor utilizando EPI para remoção de tintas

Pode parecer que não, mas ao longo de todo o trabalho que será realizado, você pode aspirar muitos resíduos que prejudicam sua saúde. Existem, inclusive, kits de máscaras que já acompanham os óculos de proteção para seus olhos, outro equipamento extremamente necessário para este procedimento.

Em relação à proteção de sua pele, é necessário contar com luvas resistentes a produtos químicos, além de calças e blusas de mangas compridas. Você pode até usar fitas ou elásticos para prender a base da luva à manga de sua blusa a fim de vedar definitivamente o contato dos produtos químicos com você.

Leia também: Passo a passo fácil de como envernizar madeira

2. Organize o ambiente para a remoção da tinta

É importante se lembrar o quanto o processo de remover a tinta da parede deixa o ambiente bagunçado e empoeirado. Por isso, recomendamos veemente que todos os móveis e objetos sejam removidos ou afastados o máximo possível das paredes para evitar sujá-los ou até mesmo danificá-los.

Também é necessário fornecer ventilação ao ambiente, evitando o acúmulo de pó em um só lugar. Caso o espaço conte com ventiladores, eles podem ser ótimos auxiliares para dispersar a poeira.

Não se esqueça de proteger o chão com jornais, papelão ou lonas, especialmente se ele for de madeira ou porcelanato, pois os produtos químicos usados durante o processo podem causar manchas e outros danos permanentes.

3. Aplique um removedor de tinta

Uma vez que todos os cuidados necessários foram aplicados, é hora de colocar a mão na massa para verdadeiramente dar início à remoção dos tons de sua parede!

Caso você ainda não tenha escolhido um removedor de tinta, saiba que existe uma ampla variedade de opções no mercado e todas promovem resultados eficazes, basta que você escolha o ideal para sua parede.

Os removedores à base de citrino, por exemplo, são ideais para remoção de até quatro camadas de tinta por aplicação. Já os removedores pastosos são bem potentes e conseguem remover até 30 camadas de tinta por aplicação, além de serem uma ótima solução para paredes irregulares.

Comece aplicando o removedor de tinta escolhido em toda a parede com o auxílio de um pincel, rolo, borrifador ou mesmo um pano. Cada tipo de removedor possui instruções específicas em sua própria embalagem e elas devem ser seguidas para obter um resultado mais satisfatório.

Após a aplicação, também é necessário respeitar o tempo de ação dos produtos para garantir que a tinta seja dissolvida. Para o removedor pastoso, o tempo de ação pode variar entre três a vinte e quatro horas, já para os removedores à base de citrino, o tempo fica entre 30 minutos a vinte e quatro horas.

O tempo de ação varia de a depender da marca, por isso é importante acompanhar as instruções da embalagem.

Leia também: Como utilizar compressor para pintura?

4. Utilize uma lixadeira orbital

Após esperado o tempo de ação do removedor utilizado, é hora de iniciar os trabalhos com a lixadeira orbital para garantir um acabamento liso e uniforme à parede.

Comece encaixando a escova de metal em sua lixadeira, ligue-a e faça movimentos para frente e para trás contra a superfície da qual deseja remover a tinta.

Pintor utilizando uma lixadeira orbital

Para remover a tinta mais rapidamente, pressione o botão que permite o controle da profundidade para deixar que a escova tenha bastante contato com a superfície.

5. Utilize álcool mineral para dar o acabamento

Assim que terminar de lixar a parede, ela estará bastante empoeirada e suja com os resíduos de tinta restantes. Para limpá-la, utilize um pano sem fiapos umedecido com álcool mineral e esfregue toda a superfície lixada para terminar o trabalho.

Por se tratar de uma substância ideal para a remoção de resíduos de tinta de superfícies, você também pode utilizá-lo caso algum resquício tenha se impregnado no chão, paredes ao redor ou até mesmo móveis que não puderam ser removidos durante o procedimento.

6. Seque com um pano limpo

Por fim, basta que você utilize um pano limpo para secar o álcool e remover as partículas de tinta e do removedor que potencialmente podem ter restado por ali. Caso o pano ainda esteja acumulando muito pó ou sujeira, pode ser necessário reaplicar o álcool mineral e/ou substituir o pano usado.

Você também pode utilizar um aspirador de pó para ajudar na remoção da poeira. Finalmente, sua parede estará pronta para receber a nova tinta e pode ter certeza que o acabamento ficará perfeito!

Advertências para quando tirar tinta da parede

Separamos também algumas advertências e dicas para garantir um resultado ainda mais excepcional em sua parede. Confira:

Conte com uma iluminação adequada

Procure utilizar uma luz forte no projeto, especialmente se for realizado em áreas escuras. Isso ajudará com a visibilidade, permitindo que você veja onde a tinta velha está se acumulando, evitando que partes sejam esquecidas durante a aplicação do removedor e da lixadeira.

Preze pela segurança do início ao fim

Durante o processo de remoção é sempre necessário priorizar a segurança. Além dos equipamentos de segurança já mencionados, recomenda-se o uso de luvas ou espátula ao lidar com a área da parede em que estiver trabalhando, especialmente devido ao potencial aquecimento causado pela lixadeira. Isso visa assegurar a proteção desde o início até o término da tarefa.

Tenha paciência

Entendemos sua pressa para ver o resultado da parede com a nova tinta, no entanto, é necessário ter paciência e evitar fazer o trabalho na correria, pois ela pode te atrapalhar e gerar retrabalhos devido a partes mal feitas ou incompletas do passo a passo. Faça pausas frequentes para permitir que a superfície de trabalho esfrie e aproveite para descansar – lembre-se que a pressa é inimiga da perfeição!

Busque manter o espaço e os equipamentos limpos e organizados

A remoção de tinta da parede é um trabalho, por si só, que acumula muita sujeira e bagunça. Para isso, manter o espaço e seus equipamentos limpos, ajuda a finalizar a tarefa de forma mais rápida.

Ao limpar sua lixadeira e todas as suas peças e acessórios após cada utilização, por exemplo, você irá mantê-la funcionando em perfeitas condições por mais tempo.

Ressaltamos também que o processo de remoção de tinta da parede exige equipamentos e produtos que requerem conhecimentos e experiência. Portanto, caso você seja inexperiente e preze por um resultado de maior qualidade, o ideal é contratar um profissional especializado no assunto para fazer o serviço.

Esperamos que tenha gostado deste conteúdo e que tenhamos o ajudado a entender como funciona o processo de remover tintas de paredes para você iniciar a obra o quanto antes.

Aproveitando sua leitura, acreditamos que você também irá gostar de conferir nosso conteúdo sobre lixadeiras orbitais ou roto-orbitais e veja as principais vantagens e desvantagens de cada uma.

Agradecemos sua leitura e nos vemos em nossos próximos posts. Até lá!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.